Feeds:
Posts
Comentários

Archive for setembro \30\UTC 2010

Este slideshow necessita de JavaScript.

Via U2gigs

Anúncios

Read Full Post »

Os concertos dos U2 em Coimbra, no próximo fim-de-semana, vão obrigar à maior operação de segurança de sempre na cidade, segundo a promotora dos espectáculos, para os quais são esperadas mais de 85 mil pessoas.

“Vai ser a maior operação de segurança e emergência médica para um evento com estas características. Mais do que o futebol ou o Euro [2004], porque é vezes dois, são dois concertos”, disse aos jornalistas Álvaro Ramos, da produtora Ritmos & Blues.

A segurança e emergência médica no estádio Cidade de Coimbra e áreas envolventes vai ser assegurada por mais de 1200 pessoas, 700 dos quais seguranças privados.

Na área médica o suporte básico de vida está a cargo de equipas da Cruz Vermelha, no exterior e interior do recinto, e o suporte avançado será assumido “por uma empresa especializada”.

Cerca de 150 agentes da PSP, incluindo um reforço de 25 homens do Corpo de Intervenção, vai actuar no “pico” das operações de controlo de criminalidade e gestão de trânsito, disse, por seu turno, a subcomissária Margarida Oliveira.

O perímetro de segurança instalado nas vias em redor do estádio Cidade de Coimbra será apenas acessível a portadores de bilhetes para o concerto.

Até entrarem no estádio, os fãs da banda irlandesa são sujeitos a três pontos de controlo: um à entrada, com verificação visual dos bilhetes, um segundo em que será feita a revista dos espectadores e o último nas “quatro grandes portas” de acesso ao recinto, nas laterais e lado sul, disse Álvaro Ramos.

As ruas D. Manuel I e da Igreja, no lado nascente do estádio, vão estar cortadas à circulação automóvel, enquanto a General Humberto Delgado, a norte e a rua do Brasil, a sul, estarão reservadas apenas a transportes públicos e veículos de emergência.

Os condicionamentos de trânsito estendem-se a mais de 20 ruas e avenidas de Coimbra, num perímetro com quase seis quilómetros

Os Transportes Urbanos de Coimbra vão assegurar transportes de ida (22 autocarros) e volta (75 viaturas) a espectadores com bilhetes para os U2 em três circuitos criados para o efeito.

Foram criados 7500 lugares de estacionamento gratuito em nove parques, seis na margem direita e três na margem esquerda do rio Mondego, todos com acesso aos circuitos de autocarro.

TEXTO NA ÍNTEGRA.


Via Jornal de Notícias

Read Full Post »

E Coimbra se prepará para receber o espetáculo da  306º Tour. A montagem da garra já esta sendo realizada, a cidade será a penúltima cidade da Europa a receber shows da Turnê. Esses seram realizados nos  dias  2 e 3 de Outubro. O último  show será realizado em Roma no dia 8. Lembramos que amanhã Terá Show em Servilha, Espanha.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Imagens da garra em Servilha.


Read Full Post »

The Fray, Lenny Kravitz, Florence and The Machine ea Interpol estão todos alinhados para participar do Tour 360 em cidades diferentes, quando ele retorna à América do Norte em maio, junho e julho do próximo ano.

The Fray vão tocar os shows em Denver (21 de maio), Salt Lake City (24 de maio) e Edmonton (01 de junho).

Lenny Kravitz vai estar em cena em Seattle (04 de junho), Oakland (07 de junho) e Anaheim (17 de junho e 18).

Florence and The Machine vão alinhar em East Lansing (26 de junho) e Miami (29 de junho).

E Interpol vai se juntar a banda para as datas em julho: Chicago (5), Montreal (8th/9th), Toronto ((11), Filadélfia (14), East Rutherford (20) e Minneapolis (23).

E quando pensávamos que eles tinham assinado a turnê para o bem, o mais popular U2360 de suporte ato Snow Patrol está fazendo um retorno – para o show 14 de maio na Cidade do México.

TRADUÇÃO LIVRE

TEXTO NA ÍNTEGRA

Via: U2.com

Read Full Post »

A cantora pop Lady Gaga já vendeu 15 milhões de álbuns, sendo que cerca de 30% dessas vendas foram feitas por celular. Parte desse sucesso ela deve a Ralph Simon, o “cabeça” responsável por sua estratégia de divulgação em celulares. Mas quem é Simon? O simpático e educado sul-africano é considerado um dos fundadores da atual indústria do entretenimento móvel.

Pioneiro, em 1998 previu que o celular seria indispensável para a música e para as redes sociais. Além disso, se seu toque de celular é sua música preferida, agradeça a ele. Internacionalmente, Simon é considerado o “Pai do Ringtone”, pois foi quem colocou em prática a ideia. Pela primeira vez no Brasil, encantado com o “good romance” do país, ele veio participar do festival Mobilefest, que tem como intuito incentivar o desenvolvimento de aplicativos móveis. Simon falou com o Yahoo!. Confira o bate-papo:

Yahoo! – Qual a importância do celular para a indústria musical?
Ralph Simon – É muito importante. Com ele, a pirataria pode ser controlada. Isso porque a indústria paralela mundial é 50% maior do que era há dez anos. É ofensivo. Atualmente, todas as indústrias musicais, grandes e pequenas, estão olhando para esse tipo de mídia.

Y! – Qual é o futuro dos celulares nos próximos anos?
RS – Eles atuarão em quatro principais áreas. A primeira é entretenimento móvel: o Brasil, por exemplo, ama música; televisão móvel; jogos móveis; e estilo de vida móvel, hobbies no telefone. A segunda é a saúde pelo celular, há uma nova geração de telefones que ajudam no diagnóstico de problemas de saúde, como diabetes. O terceiro é educação pelo telefone. Será possível, por exemplo, levar a educação para lugares onde talvez não haja um sistema eficiente de educação, como o Amazonas. O último é o chamado Mobile Money for the Unbanked (MMU), ou seja, seu telefone se torna seu cartão de crédito.

Y! – Então os celulares irão substituir os tocadores de música?
RS – É claro, pois há 4,6 bilhões de usuários de telefones móveis e apenas entre cerca de 10 e 15 milhões de usuários de iPod. Definitivamente, as pessoas estarão acessando música pelo celular. No Brasil, por exemplo, a maioria das pessoas não tem computador com conexão a internet e usará o celular.

Y! – O que os músicos ou bandas pedem quando te contratam?
RS – Uma ajuda para criar uma estratégia global. O que funciona na Europa? O que funciona na Ásia? O que funciona nos Estados Unidos? No Brasil? Na América do Sul? Um lugar é diferente do outro. O brega, por exemplo, só existe no Brasil. E a música brega é importante para o país, eu gosto de escutá-la.

Y! – Você conhece e gosta de música brasileira?
RS – (Simon abre o laptop e mostra que tem um álbum do André Abujamra) Sim, é claro! Música brasileira é importante. Há até um grupo brasileiro de heavy metal. Eu gosto de AC/DC, Iron Maiden… E Sepultura vem do Brasil. Gosto também de Lenine, Restart – são bons -, Cansei de Ser Sexy…

Y! – Você compra CD ou disco de vinil?
RS – Gosto da boa qualidade da música dos CDs, mas a nova ideia é comprar a música em formato digital.

Y! – Tem novidades sobre o U2?
RS – Eles virão para a América do Sul no começo do ano que vem. Além disso, Bono Vox e Bob Geldof, guitarrista da banda, fizeram agora música para o musical da Brodway “Spider-Man”. Com relação ao celular, eles estão acostumados a crescer a rede social de fãs. Eles querem ficar conectados com os fãs o tempo todo. A maioria dos artistas, hoje, perceberam que precisam ficar conectados com os fãs. Dez anos atrás, você fazia um álbum e esperava dois anos para o próximo. Atualmente, os fãs querem músicas novas em uma frequência muito maior. É o mesmo que colocar uma pizza no microondas e esperar para ela ficar pronta logo, os fãs querem a mesma coisa para a música.

Y! – E como se resolve esse problema?
RS – É problema da banda, eu não resolvo. Muitos fazem de maneira maravilhosa como, por exemplo, Justin Bieber, que é um grande fenômeno. Ele faz música o tempo inteiro. E poucos conseguem fazer boas músicas o tempo todo. Madona foi 40 vezes a número um, mas é difícil.

Y! – Qual seu toque de celular?
RS – Meu toque é London Calling do The Clash (ele mora em Londres). E no meu telefone americano é Poker Face, Lady Gaga.

Y! – O celular pode ajudar a diminuir a pobreza e a diferença social?
RS – Usuários de telefones móveis e utilização do telefone aprimora a economia. Em certos países que estão se desenvolvendo, como o Quênia, é uma revolução na agricultura, para os fazendeiros, pois agora eles podem verificar como estão os preços. O mesmo serve para a Amazônia. Eles podem saber quando eles devem vender os produtos. É uma grande mudança para África e Índia. O celular também pode ajudar na educação móvel. Eu faço muito programa para educação em celular. Na Índia, é possível aprender inglês pelo celular.

Y! – Você entende um pouco de português e até fala algumas palavras. Conhece a língua?
RS – Um pouco. Porque nasci na África do Sul e tinha o hábito de dirigir até Moçambique para passar os feriados lá. Foi assim que tive o primeiro contato com a cultura portuguesa. Também passei um tempo em Angola, então fiquei fascinado pela cultura e política portuguesas. Mas o Brasil é muito diferente de Portugal, que é um país pequeno. O Brasil tem muita personalidade. Esses poucos dias que passei no Brasil já me senti relacionado por causa da minha origem africana.

Y! – E pretende voltar?
RS – Quem sabe no Carnaval? Todo mundo quer um pouco de Lady Gaga, meu sonho seria vê-la no Carnaval. Lady Gaga e Brasil têm tudo a ver. Vou sugerir que ela venha desfilar em uma escola de samba, quem sabe? Afinal, o Brasil não é “bad romance”, é “good romance”.

TEXTO RETIRADO NA ÍNTEGRA

VIA: Yahoo Notícias.

Read Full Post »

Um responsável da Ritmos & Blues, promotora dos concertos dos U2 em Portugal, garantiu hoje desconhecer a existência de bilhetes falsos, embora admita a existência de páginas Internet que vendem ingressos inexistentes.

“Bilhetes falsos desconheço”, disse aos jornalistas Nuno Braancamp, durante uma visita à montagem do palco dos U2 no estádio Cidade de Coimbra.

O responsável aludiu sim a bilhetes genuínos, vendidos nos locais oficiais e posteriormente revendidos pelos seus possuidores, que foram apreendidos pela Polícia Judiciária “e outras polícias, de norte e sul do País”.

“Recebi vários que foram revendidos e foi entregue o dinheiro ao Estado”, afirmou.

Questionado pela agência Lusa, esclareceu que os bilhetes apreendidos, “cerca de 100”, deram origem a processos judiciais por especulação — venda acima do valor facial — tendo sido devolvidos à produtora.

Esta depositou o dinheiro da venda original “à ordem do tribunal”.

Já sobre o caso da alegada burla relacionada com a digressão dos U2 – que passaria pela venda de bilhetes inexistentes através de páginas Internet e que terá lesado milhares de pessoas – hoje divulgada pelo Jornal de Notícias, Nuno Braancamp disse desconhecer o caso em concreto.

“Descobri, ao princípio [em 2009] quando [os bilhetes] foram postos à venda, que existia um site que era falso”, sublinhou, acrescentando que, na altura, o caso foi comunicado aos responsáveis da digressão dos U2, em Inglaterra.

Os concertos dos U2 em Coimbra esgotaram há cerca de um ano, poucas horas após os mais de 80 mil bilhetes terem sido postos à venda.

Segunda feira a produtora Ritmos & Blues pôs à venda mais mil bilhetes, exclusivamente na Internet — em resultado do reajustamento de áreas do palco e zonas técnicas e outros libertados pela banda para venda ao público – que também esgotaram.

TEXTO RETIRADO NA ÍNTEGRA

VIA: DN – Artes.

Read Full Post »

A Ritmos e Blues vai colocar à venda cerca de 1 000 bilhetes para os concertos dos U2 em Coimbra. Os ingressos adicionais – os dois concertos chegaram a ser dados como esgotados – vão ser comercializados apenas através da Internet, para um grupo restrito de interessados que, desde sábado, através do sítio da produtora, fez a pré-inscrição para a aquisição destes bilhetes.

A banda irlandesa, liderada por Bono, actua no Estádio Cidade de Coimbra, nos dias 02 e 03 de Outubro.

Os dois concertos chegaram a ser dados como totalmente esgotados, contudo, segundo a produtora, estes cerca de 1 000 ingressos adicionais (500 para cada espectáculo) resultam do reajustamento das áreas do palco e zonas técnicas, e outros são bilhetes aos quais a banda tinha direito por contrato e que libertou para venda ao público.

Apesar da comunicação social ter veiculado que estes ingressos iriam estar à venda na Worten de Coimbra, devido às muitas solicitações de outros pontos do país, a Ritmos e Blues decidiu que os cerca de 1 000 bilhetes disponíveis serão vendidos exclusivamente pela Internet, aos seguidores do sítio e da página do Facebook da produtora.

Os interessados tiveram que fazer uma pré-inscrição que começou no sábado à tarde e, segundo a Ritmos e Blues, foi-lhes enviada, hoje, uma palavra passe de acesso que permite a compra, a partir das 16h00, limitada a dois bilhetes por pessoa.

Os bilhetes disponíveis são para a Red Zone (260 euros) e Bancada Inferior (125 euros).

Mais informações estão disponíveis em http://www.ritmoseblues.pt, incluindo o formulário que deve ser preenchido pelos potenciais interessados nestes bilhetes adicionais.

Os camiões com o material de palco, luz e som, para os concertos dos U2, nos próximos dias 02 e 03 (sábado e domingo), começaram a chegar esta manhã ao Estádio Cidade de Coimbra.

Depois da corrida aos bilhetes, há um ano, que levou milhares de pessoas a pernoitarem junto aos locais de venda, este é segundo indício de que algo de grandioso está para acontecer na cidade.

E não é caso para menos. A banda de Bono, The Edge, Adam Clayton e Larry Mullen Jr. vai fazer dois concertos, ambos esgotados, tanta foi a procura de bilhetes. Se mais um houvesse, provavelmente também esgotaria. Recorde-se que para o concerto do sábado, os 42.000 bilhetes postos à venda, de preço entre os 32 e os 269 euros, esgotaram em cerca de sete horas.

Por estes dias, mais de uma centena de camiões vão circular pela Solum para aquela que é considerada a maior “tournée” de todos os tempos, protoganizada pela banda irlandesa.

O palco, que acompanha os U2 por todos os países da digressão, é uma garra – «The Claw» -, de grandes dimensões, e tem como particularidade (para além do tamanho), o facto de proporcionar uma maior proximidade entre a banda o público. A tecnologia, de som e imagem, é da mais evoluída e procura a espectacularidade.

No âmbito da «360º Tour», os U2 apresentarão em Coimbra o álbum «No line on the horizon», editado em Março, que inclui temas como «Get on your boots», «Moment of Surrender», «Magnificent» e «Cedars of Lebanon».

A última actuação dos U2 em Portugal foi em Agosto de 2005 no Estádio Alvalade XXI, no encerramento da digressão europeia «Vertigo». Na altura, os quatros elementos da banda foram condecorados pelo então Presidente República, Jorge Sampaio, com a Ordem da Liberdade.

Refira-se que Bono, para além de cantor e líder dos U2, tem assumido grande protagonismo em causas humanitárias, nomeadamente no combate à fome em África.

Numa iniciativa da empresa Fellings 4 You e da Turismo de Coimbra, a presença da banda irlandesa em Coimbra vai ser festejada também na Praça da Canção, onde, esta sexta-feira, dia 01, abre a Fun Zone Continente 360, um espaço de lazer (com bares, restaurantes e outros motivos de interesse), inspirado nos U2, que se manterá activo até ao dia 04 (véspera do feriado do Dia da Implantação da República).

Como disse o director do Continente Coimbra, Francisco Grilo, na apresentação da Fun Zone, a afluência de milhares de pessoas a pretexto dos concertos é uma oportunidade que a cidade tem de agarrar, como veículo de promoção do seu potencial turístico.

TEXTO RETIRADO NA ÍNTEGRA

VIA: Campeão Provincias.com.

Read Full Post »

Older Posts »