Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Blu-Ray’ Category

09/04, não lembro muita coisa… Mais no começo da madrugada, estava em frente ao ponto de ônibus conversando com algumas pessoas.


Conversarmos por quase 2 horas, ali em pé, naquela madrugada fria… Vimos o começo do amanhecer, duas das pessoas voltaram para a fila do P2, eu e o restante para o P4, olhei para o céu e vi que começava a ficar meio azulado. Até cheguei a enviar um twitter, passaram se alguns minutos ou horas, não me lembro ao certo… As pessoas começaram a desmontar as barracas, novas pessoas começavam a chegar…

E lá fui eu atrás da UV – BAHIA. Fiquei por horas lá conversando com: o Jan, Paty Mora, Suelen e mais algumas pessoas… Voltei… Resolvi ir tomar um café no STARBUCKS, a Rosi foi comigo. Chegando lá o Cris, me ligou avisando que a fila tava andando, que era para voltarmos . A Rosi, voltou e eu continue lá na fila, comprei dois pães de queijo um Moccha e um café para a Rosi.

Voltei para a fila… E caminhando pela SAAD, cada vez mais, pessoas de todos os lados, chegavam ao MORUMBI. Fui para o meu lugar na fila, entreguei o café da Rosi, arranjei um espaço na fila, me sentei e lá comecei a tomar o meu café da amanhã. Belo café, diga-se de passagem. A galerinha da UV – BAHIA estava toda na minha frente, chamei o Pedro (Peu), para conversar com ele, papo vai papo vem, o meu café acabou. Pedi emprestado o protetor solar da Paty. Afinal, o SOL já estava rachando a cuca de muitos por ali… Daí em diante o que me restou foi apenas esperar… Algumas horas se passaram, a Renata e a Adriana do U2-MOFO chegaram… Foram lá na fila falar comigo, a Rosi e o Cristino… Minutos depois, finalmente a RITA chegou. \o/

A fila já tinha andando bastante, aproveitei e fui ao banheiro, fiquei na fila por quase 30 minutos. Lá encontrei com amiga da Cecília, da UV – BH, ficamos conversando. Voltei para a fila, a Rita me ofereceu um pedaço de pizza. Aquilo junto com uma COCA-COLA, do qual a Maria Elvira, já havia comprado pra mim, foram o meu almoço. Mais, algumas horas se passaram e eu já não aguentava mais aquele SOL. Lá eu estava, lá eu fiquei… Vi a Maria Teresa (MT) da UV – RS, foi quando resolvi levantar e ir conversar com a Monica da UV – RIO, nisso vi um ser conversando em inglês, não sabia, até então que era um dos seguidores do U2, o Cathal. Fiquei por lá conversando com ele, comprei um livro, ele autografou. Enfim, foi bem divertido, logo ele se foi. Daí em diante não eram mais horas e sim alguns minutos para a fila começar a andar, um cercadinho se abriu… Andávamos um pouco e a fila parava, foi assim por alguns minutos.

 
Finalmente por volta das 15h00 ou 16h00 (não lembro ao certo), os portões do MORUMBI se abriram.

1º Fase: A separação dos ingressos..
2º Fase: 3 (três) policiais femininas para fazer revista para um bando de MULHERES LOUCAS e para os HOMENS tinha mais ou menos 10 policiais, isso foi o fim. O pessoal começou a reclamar, uma polícia quis dar uma de valentona, mais não colocou. Passando pela a revista, que pra mim foi super rápido, pois eu só tinha: uma bolacha BONO, uma CAPA DE CHUVA, o INGRESSO e a minha MÁQUINA.
3º Fase: A leitura dos ingressos, todinho do menino, só ouvia ele dizer: “Calma! Calma gente!”. E o povo respondeu: “Que mané calma!”.

Passando a 3º Fase, todos correm feitos loucos e o que encontramos na nossa frente? A tropa de CHOQUE. SIM, A TROPA DE CHOQUE! Não sei por que raios, eles estavam ali empacando a gente. A Monica chegou a questionar com um deles e ele respondeu: “Iremos todos caminhando até a pista… Todos os portões estão sendo assim…”, conforme caminhávamos, mais e mais pessoas chegavam, e do fundo surgiu um: “OH OH OH OOOOH…”, depois veio outro coro de: “U2, U2, U2, U2…”. Nisso eu estava segurando o braço de um moço que foi ao show de 2006, mais não teve jeito tive que solta-lo, era um empurrando o outro, quando me vi, estava ao lado da Monica. Segurei no braço dela e aquela muvuca começou a “correr”, ou melhor, fomos empurrados, pés trombavam um no outro, o meu medo era de cair ali e se pisoteada. Teve uma hora que não deu mais jeito, eles tiveram que soltar aqueles MONSTROS, pois é assim que DEFINO. Só vi um polícia caindo, ou melhor, ele praticamente saiu vooando… Eu pulei por ele e sai correndo, sinceramente, parecíamos BOIS indo para o ABATA.

Conforme descíamos as rampas, o pessoal da TF4 dizia: “Não precisa correr… Devagar… Cuidado para não cair…”, Sai correndo… Vi o Peu passar na minha frente, quando me dei conta estava no meio do MORUMBI… Todos viraram à esquerda… Nisso eu parei, vi um bando passar por mim e me empurrar. Ali, eu parei e fui me localizar, foi quando percebi que estava longe da INNER CIRCLE, e fui de encontro a muvuca, que volta desesperada para ir pra INNER CIRCLE, nisso eu vi o JAN, passando por mim e dizendo: “Não é aqui.. Não é aqui…”. E lá estava eu, indo de encontro a eles. Foi quando vi um lugar bem de frente ao palco, completamente vazio.

Lá eu cheguei e lá eu fiquei, o meu coração só faltava sair pela boca, foi quando percebi que estava sozinha. Peguei o meu celular e liguei para a Rita, que estava já na INNER CIRCLE. E lá estava ela e a Rosi, bem de frente ao palco. Então resolvi me sentar, liguei para a minha mãe, assim, como eu fiz em 2006, e avisei que já estava no MORUMBI, na grade. \o/ Fiquei ali, encontrei com um UV. E UV que é UV sempre conhece alguém que você que é UV conhece. Fiz amizade com o ASSIS e a Alê Vox de Manus, ambos UV. Sozinha lá eu estava, sozinha eu já não estava…



Comecei a conversar com as pessoas que estavam do meu lado, contei tudo sobre o dia anterior, sobre a nota de 20 REAIS.


Enfim… As horas se passaram, cansei de ficar sentada e resolvi levantar, comprei uma HEINEKEN. Vi a Maria Elvira do outro lado da ponte, fiz sinal para ela, tirei foto. E ali, na grade, tomando a minha HEINEKEN, vi todos os meus amigos FÃS de U2, na INNER CIRCLE. Pingos de chuva começaram a cair do céu, logo depois o show do MUSE começou, adorei! Eles são bons, não tão bons quando o U2, mais eles tocam bem. O show do MUSE terminou e começou uma nova tortura, a espera do SHOW DO U2.

Ver aquele relógio, girar, girar, girar e nada dele se dissolver foi um tormento. >.<

Mais por volta das 21h30, a tão grande cena aconteceu. Uma música dos DÊMONIOS DA GAROA começou a tocar, quando percebi todos no MORUMBI, estava cantando e as pessoas ao meu  redor sambando. Foi tão divertido!

 

A música terminou e o MORUMBI “se apagou”. Começou a tocar: Intro (Space Oddity). Aí me dei conta de que não era mais uma cena do DVD 360º e muito menos cenas do YOUTUBE. Os meus olhos se encheram de lágrimas e quando eu os vi pelo o telão O MORUMBI indo ao delírio, percebi que estava chorando, vi o LARRY, entrando e sentando em frente a sua bateria. Daí em diante, foi só curtição. Não tem como eu descrever o que é estar ali, na GRADE de frente a PASSARELA por onde eles ficam boa parte do show. Ver o show de onde vi, foi MAGINIFICO. Vi tudo o que eu queria ver, vi todo o PALCO e eles bem de perto.

No final do show me reencontrei com os meus amigos, pegamos um ÔNIBUS, com MUUUUUUUUUUUUUUUITO SACRÍFICIO e voltamos para o HOTEL.

Comprei algo para comer no hall do hotel, tomei um banho e me joguei na cama. Só fui acorda por volta das 06h00, quando a irmã da CRIS, veio se despedir de mim.

E depois só acordei por volta das 09h00, quando a Cris foi me avisar, que estava indo para o MORUMBI.

Mais isso daí é uma oooooooooooooutra história que fica para amanhã. =)

PS: Conversando com a Alê Vox, que entrou pelo o P2, ela disse que por lá não teve nada de TROCA DE CHOQUE. Juro não sei por que raios fizeram isso com a agente. =/

Anúncios

Read Full Post »


A lesão na coluna de Bono, em maio, que obrigou o rock star a fazer uma cirurgia e adiar a turnê do U2 pelos Estados Unidos e Canadá para maio de 2011, foi uma pane numa engrenagem que não pode parar. Afinal, há muitos anos que a carreira da superbanda irlandesa é cuidadosamente planejada.

É preciso muito marketing para se manter no topo do altamente competitivo circo pop. Mas, mesmo com Bono sequelado, o U2, de acordo com a revista americana Forbes, é quem mais fatura no mundo. Com venda de ingressos, discos e contratos de merchandising, o U2 teve um lucro estimado de US$130 milhões (R$ 231 milhões) entre junho do ano passado e esta temporada.

360º
O lançamento do DVD e blu-ray do show da turnê 360°, que será retomada a partir de agosto, na Europa, reafirma a sagacidade empresarial do U2, a maior banda de rock’n’roll do mundo. Na estrada desde 1980, em estúdio o U2 não tem mais a criatividade e o vigor demonstrados até All That You Can’t Leave Behind (2000). O último disco, por exemplo, não foi bem recebido nem pela crítica, nem pelos fãs: o fraco No Line on the Horizon (2009).

Em show, porém, a banda mantém a excelência com um espetáculo de alta tecnologia e grandiosidade, belas canções do passado e o carisma(Bono é um pastor do rock) e a competência dos músicos. Gravado durante o penúltimo show da turnê 360° em 2009, em 29 de outubro, no estádio de Rose Bowl, em Pasadena (Califórnia), diante de 97 mil pessoas, o DVD é impecável.

O diretor Tom Krueger consegue transportar para o vídeo a beleza é pica que marca os shows do U2. O desenho do espetacular palco circular, construído em forma de aranha, que envolve os músicos e opúblico, criaum clima de proximidade com os fãs (mesmo que eles estejam num estádio).

É verdade que tamanha suntuosidade até nos faz esquecer que as canções recentes do U2 deixam a desejar. Mas, no geral, ninguém pode reclamar de um repertório – de 23 canções – que inclui pepitas como One, Sunday Bloody Sunday, With or Without You e Beautiful Day.

Créditos: http://www.correio24horas.com.br/noticias/detalhes/detalhes-2/artigo/novo-dvd-do-u2-reafirma-por-que-a-banda-e-a-no-1-do-show-business/

Read Full Post »

1. U2, Live Aid
2. Pink Floyd, Live 8
3. Bruce Springsteen, Non au nucléaire
4. Madonna & Gogol Bordello, Live Earth
5. Sting, Secret Policeman’s Other Ball
6. George Harrison, Concert pour le Bangladesh
7. Queen, Live Aid
8. Jimi Hendrix, Festival Monterey
9. Paul McCartney, Concert pour New York City
10. Justin Timberlake and The Rolling Stones, Concert caritatif  ” The SARS ”.

Créditos: http://www.estilomadonna.com.br/billboard-cria-lista-das-10-melhores-performance-beneficentes

Read Full Post »


Os roqueiros irlandeses do U2, que arrecadaram US$ 130 milhões com sua enorme turnê mundial e outros contratos, são os músicos que mais ganharam dinheiro no mundo nos últimos 12 meses, segundo a Forbes.com.

O grupo faturou US$ 10 milhões em ingressos vendidos em cada escala da turnê, o que, somado a outras receitas de merchandising, o fez chegar ao topo da lista, à frente do grupo de heavy metal australiano AC/DC, que recebeu US$ 114 milhões em sua turnê mundial.

O terceiro lugar na lista é da cantora de r&b Beyonce Knowles, com US$ 87 milhões, três posições à frente de seu marido, o rapper Jay-Z.

Bruce Springsteen e sua E Street Band e a diva pop Britney Spears completam os cinco primeiros lugares na lista.

“Quase metade dos artistas que compõem a lista deste ano são músicos e bandas que já estão por aí há tempo suficiente para poder ter aparecido na trilha sonora de ‘De Volta ao Futuro'”, disse a Forbes.com.

O site financeiro acrescentou que as duas bandas que foram as primeiras colocadas, somadas a Springsteen e Madonna, a oitava colocada, podem ter ganho até US$ 372 milhões entre junho de 2009 e junho de 2010.

Lady Gaga, no sétimo lugar, passou à frente de Madonna depois de receber US$ 62 milhões com sua turnê de 106 shows, vendas de discos e acordos de marketing. A lista completa pode ser vista no endereço www.forbes.com.

Crédirtos: http://musica.uol.com.br/ultnot/reuters/2010/07/16/u2-e-a-banda-que-ganhou-mais-dinheiro-no-mundo-diz-pesquisa.jhtm

Read Full Post »

A história por trás do festival Live Aid, ocorrido em 13 de julho de 1985, que deu origem ao Dia Mundial do Rock, vai virar filme.

“When Harvey met Bob”, vai mostrar a união do promotor musical Harvey Goldsmith e do cantor da banda irlandesa Boomtown Rats, Bob Geldof, que juntos organizaram o evento.

Antes disto, Geldof, já havia juntado diversas estrelas do Rock para gravar a canção “Do They Know it’s Christmas?”, para a organização Band Aid, de ajuda humanitária.

Bob foi pessoalmente à Etiópia para garantir que os milhões de dólares arrecadados fossem entregues aos necessitados, mas percebeu que era preciso fazer mais. Foi então que decidiu organizar o festival.

As gravações já começaram, em Dublim, e o filme deverá ser exibido ainda este ano pela BBC, na Inglaterra e RTE, na Irlanda, em comemoração aos 25 anos de realização do Live Aid.

“É um filme sobre dois homens que se dispuseram a pensar o impensável e realizar o que parecia ser impossível”, disse Kate Griggs, da Great Meadow Productions.

O Live Aid, contou com a participação de alguns dos maiores nomes da história do Rock, como Led Zeppelin, Black Sabbath, Queen, The Who, U2, David Bowie, Bob Dylan, Eric Clapton e vários outros, arrecadando cerca de 150 milhões de libras que foram doadas às vítimas da fome na Etiópia.

Créditos: http://www.kissfm.com.br/noticias/historia-do-festival-live-aid-vai-virar-filme/

Read Full Post »


U2 360º at the Rose Bowl, o cinematográfico registro ao vivo da atual turnê, devolve ao quarteto de Bono Vox o título de “maior banda de rock do mundo”

ÁLBUM MEDIANO QUE TIROU O U2 momentaneamente da linha de frente do rock mundial, No Line on the Horizon (2009) rendeu uma turnê monumental, de ambiência inovadora e repôs o quarteto no topo. Status reiterado pelo cinematográfico registro de The U2 360° Tour, captado em outubro, no estádio Rose Bowl, em Pasadena (Califórnia, EUA). Lançado nos formatos DVD e blu-ray, o show impressiona pela grandiosidade. O tratamento das imagens, trabalhadas com contrastes de cores, envolve e transporta o espectador para o espetáculo – qualidade rara em registros audiovisuais de shows, quase todos burocráticos e uniformes.

Em giro mundial previsto para terminar em Roma, em outubro deste ano, a turnê hi-tech inovou, sobretudo, por conta do palco, estruturado pelo arquiteto Mark Fisher na forma de uma “aranha” que envolve público e músicos com suas “pernas” alocadas em estrutura circular, deixando a banda no centro da arena. Ao captar o show, o diretor Tom Krueger explorou ângulos incomuns, possibilitados pela construção do palco gigante. Mas U2 360º at the Rose Bowl não seduz somente pelos efeitos tecnológicos. Estes servem tão somente ao “senhor” Bono Vox, que faz sua pregação messiânica em roteiro que agrega, em 23 números, músicas do último álbum, clássicos (“Sunday Bloody Sunday” e “With or Without You”, entre eles) e temas menos batidos (caso da balada “In a Little While”,do álbum de 2001 All That You Can’t Leave Behind). O coro que acompanha “I Still Haven’t Found What I’m Looking for” atesta o poder doutrinador do canto de Bono, que emenda a canção com “Stand by me”.

O registro não se limita a reproduzir o show. A edição dupla exibe o documentário Squaring the Circle: Creating U2 360°, que detalha a criação e a construção da turnê, e vídeos de músicas de No Line on the Horizon, como “Magnificent” e “Get on your Boots”. Enfim, é um registro digno de turnê grandiosa que, infelizmente, não incluiu o Brasil em sua rota mundial.

Créditos: http://www.terra.com.br/istoegente/edicoes/564/musica-u2-de-cair-o-queixo-177660-1.htm

Read Full Post »


O adiamento da turnê que faria pelos Estados Unidos e o cancelamento da participação no Festival de Glastonbury devem resultar em um prejuízo de mais de R$ 250 milhões aos irlandeses do U2. O grupo teve que dar uma pausa na agenda após o acidente de Bono, submetido a uma cirurgia de hérnia de disco no fim de maio. O vocalista vai precisar de cerca de dois meses para a total recuperação.

Até o momento, 17 shows da turnê “360º” foram cancelados e ainda não há data para a volta da banda. Segundo o site do jornal “The Sun”, mesmo tendo seguro, o grupo vai continuar perdendo dinheiro enquanto estiver parado.

“Tocando ou não, a manutenção da turnê custa mais de R$ 1 milhão por dia”, disse o empresário da banda, Paul McGuinness.

Na semana passada, Bono foi visto no luxuoso hotel La Voile d’Or , na França. Foi a primeira vez que o cantor apareceu em público após o acidente. O U2 será substituído pelo Gorillaz no Festival de Glastonbury, que acontece entre 23 e 27 de junho na cidade de Pilton, na Inglaterra. Há esperanças, no entanto, que os irlandeses se apresentem no megafestival no ano que vem.

Créditos: http://oglobo.globo.com/cultura/mat/2010/06/17/prejuizo-do-u2-por-adiamento-de-turne-deve-ultrapassar-250-milhoes-916906961.asp

Read Full Post »

Older Posts »