Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Ingressos’ Category

09/04, não lembro muita coisa… Mais no começo da madrugada, estava em frente ao ponto de ônibus conversando com algumas pessoas.


Conversarmos por quase 2 horas, ali em pé, naquela madrugada fria… Vimos o começo do amanhecer, duas das pessoas voltaram para a fila do P2, eu e o restante para o P4, olhei para o céu e vi que começava a ficar meio azulado. Até cheguei a enviar um twitter, passaram se alguns minutos ou horas, não me lembro ao certo… As pessoas começaram a desmontar as barracas, novas pessoas começavam a chegar…

E lá fui eu atrás da UV – BAHIA. Fiquei por horas lá conversando com: o Jan, Paty Mora, Suelen e mais algumas pessoas… Voltei… Resolvi ir tomar um café no STARBUCKS, a Rosi foi comigo. Chegando lá o Cris, me ligou avisando que a fila tava andando, que era para voltarmos . A Rosi, voltou e eu continue lá na fila, comprei dois pães de queijo um Moccha e um café para a Rosi.

Voltei para a fila… E caminhando pela SAAD, cada vez mais, pessoas de todos os lados, chegavam ao MORUMBI. Fui para o meu lugar na fila, entreguei o café da Rosi, arranjei um espaço na fila, me sentei e lá comecei a tomar o meu café da amanhã. Belo café, diga-se de passagem. A galerinha da UV – BAHIA estava toda na minha frente, chamei o Pedro (Peu), para conversar com ele, papo vai papo vem, o meu café acabou. Pedi emprestado o protetor solar da Paty. Afinal, o SOL já estava rachando a cuca de muitos por ali… Daí em diante o que me restou foi apenas esperar… Algumas horas se passaram, a Renata e a Adriana do U2-MOFO chegaram… Foram lá na fila falar comigo, a Rosi e o Cristino… Minutos depois, finalmente a RITA chegou. \o/

A fila já tinha andando bastante, aproveitei e fui ao banheiro, fiquei na fila por quase 30 minutos. Lá encontrei com amiga da Cecília, da UV – BH, ficamos conversando. Voltei para a fila, a Rita me ofereceu um pedaço de pizza. Aquilo junto com uma COCA-COLA, do qual a Maria Elvira, já havia comprado pra mim, foram o meu almoço. Mais, algumas horas se passaram e eu já não aguentava mais aquele SOL. Lá eu estava, lá eu fiquei… Vi a Maria Teresa (MT) da UV – RS, foi quando resolvi levantar e ir conversar com a Monica da UV – RIO, nisso vi um ser conversando em inglês, não sabia, até então que era um dos seguidores do U2, o Cathal. Fiquei por lá conversando com ele, comprei um livro, ele autografou. Enfim, foi bem divertido, logo ele se foi. Daí em diante não eram mais horas e sim alguns minutos para a fila começar a andar, um cercadinho se abriu… Andávamos um pouco e a fila parava, foi assim por alguns minutos.

 
Finalmente por volta das 15h00 ou 16h00 (não lembro ao certo), os portões do MORUMBI se abriram.

1º Fase: A separação dos ingressos..
2º Fase: 3 (três) policiais femininas para fazer revista para um bando de MULHERES LOUCAS e para os HOMENS tinha mais ou menos 10 policiais, isso foi o fim. O pessoal começou a reclamar, uma polícia quis dar uma de valentona, mais não colocou. Passando pela a revista, que pra mim foi super rápido, pois eu só tinha: uma bolacha BONO, uma CAPA DE CHUVA, o INGRESSO e a minha MÁQUINA.
3º Fase: A leitura dos ingressos, todinho do menino, só ouvia ele dizer: “Calma! Calma gente!”. E o povo respondeu: “Que mané calma!”.

Passando a 3º Fase, todos correm feitos loucos e o que encontramos na nossa frente? A tropa de CHOQUE. SIM, A TROPA DE CHOQUE! Não sei por que raios, eles estavam ali empacando a gente. A Monica chegou a questionar com um deles e ele respondeu: “Iremos todos caminhando até a pista… Todos os portões estão sendo assim…”, conforme caminhávamos, mais e mais pessoas chegavam, e do fundo surgiu um: “OH OH OH OOOOH…”, depois veio outro coro de: “U2, U2, U2, U2…”. Nisso eu estava segurando o braço de um moço que foi ao show de 2006, mais não teve jeito tive que solta-lo, era um empurrando o outro, quando me vi, estava ao lado da Monica. Segurei no braço dela e aquela muvuca começou a “correr”, ou melhor, fomos empurrados, pés trombavam um no outro, o meu medo era de cair ali e se pisoteada. Teve uma hora que não deu mais jeito, eles tiveram que soltar aqueles MONSTROS, pois é assim que DEFINO. Só vi um polícia caindo, ou melhor, ele praticamente saiu vooando… Eu pulei por ele e sai correndo, sinceramente, parecíamos BOIS indo para o ABATA.

Conforme descíamos as rampas, o pessoal da TF4 dizia: “Não precisa correr… Devagar… Cuidado para não cair…”, Sai correndo… Vi o Peu passar na minha frente, quando me dei conta estava no meio do MORUMBI… Todos viraram à esquerda… Nisso eu parei, vi um bando passar por mim e me empurrar. Ali, eu parei e fui me localizar, foi quando percebi que estava longe da INNER CIRCLE, e fui de encontro a muvuca, que volta desesperada para ir pra INNER CIRCLE, nisso eu vi o JAN, passando por mim e dizendo: “Não é aqui.. Não é aqui…”. E lá estava eu, indo de encontro a eles. Foi quando vi um lugar bem de frente ao palco, completamente vazio.

Lá eu cheguei e lá eu fiquei, o meu coração só faltava sair pela boca, foi quando percebi que estava sozinha. Peguei o meu celular e liguei para a Rita, que estava já na INNER CIRCLE. E lá estava ela e a Rosi, bem de frente ao palco. Então resolvi me sentar, liguei para a minha mãe, assim, como eu fiz em 2006, e avisei que já estava no MORUMBI, na grade. \o/ Fiquei ali, encontrei com um UV. E UV que é UV sempre conhece alguém que você que é UV conhece. Fiz amizade com o ASSIS e a Alê Vox de Manus, ambos UV. Sozinha lá eu estava, sozinha eu já não estava…



Comecei a conversar com as pessoas que estavam do meu lado, contei tudo sobre o dia anterior, sobre a nota de 20 REAIS.


Enfim… As horas se passaram, cansei de ficar sentada e resolvi levantar, comprei uma HEINEKEN. Vi a Maria Elvira do outro lado da ponte, fiz sinal para ela, tirei foto. E ali, na grade, tomando a minha HEINEKEN, vi todos os meus amigos FÃS de U2, na INNER CIRCLE. Pingos de chuva começaram a cair do céu, logo depois o show do MUSE começou, adorei! Eles são bons, não tão bons quando o U2, mais eles tocam bem. O show do MUSE terminou e começou uma nova tortura, a espera do SHOW DO U2.

Ver aquele relógio, girar, girar, girar e nada dele se dissolver foi um tormento. >.<

Mais por volta das 21h30, a tão grande cena aconteceu. Uma música dos DÊMONIOS DA GAROA começou a tocar, quando percebi todos no MORUMBI, estava cantando e as pessoas ao meu  redor sambando. Foi tão divertido!

 

A música terminou e o MORUMBI “se apagou”. Começou a tocar: Intro (Space Oddity). Aí me dei conta de que não era mais uma cena do DVD 360º e muito menos cenas do YOUTUBE. Os meus olhos se encheram de lágrimas e quando eu os vi pelo o telão O MORUMBI indo ao delírio, percebi que estava chorando, vi o LARRY, entrando e sentando em frente a sua bateria. Daí em diante, foi só curtição. Não tem como eu descrever o que é estar ali, na GRADE de frente a PASSARELA por onde eles ficam boa parte do show. Ver o show de onde vi, foi MAGINIFICO. Vi tudo o que eu queria ver, vi todo o PALCO e eles bem de perto.

No final do show me reencontrei com os meus amigos, pegamos um ÔNIBUS, com MUUUUUUUUUUUUUUUITO SACRÍFICIO e voltamos para o HOTEL.

Comprei algo para comer no hall do hotel, tomei um banho e me joguei na cama. Só fui acorda por volta das 06h00, quando a irmã da CRIS, veio se despedir de mim.

E depois só acordei por volta das 09h00, quando a Cris foi me avisar, que estava indo para o MORUMBI.

Mais isso daí é uma oooooooooooooutra história que fica para amanhã. =)

PS: Conversando com a Alê Vox, que entrou pelo o P2, ela disse que por lá não teve nada de TROCA DE CHOQUE. Juro não sei por que raios fizeram isso com a agente. =/

Anúncios

Read Full Post »

Read Full Post »


A pré-estreia do musical Homem-Aranha poderá ser reaberta ao público desde que os produtores tomem novas medidas de segurança para o espetáculo da Broadway. As apresentações foram canceladas depois do dublê Christopher Tierney ter caído do palco de uma altura de mais de 9 metros, ficando em estado grave. A estreia oficial do musical está prevista para fevereiro. O espetáculo, escrito pela criadora de O Rei Leão, Julie Taymor, com músicas de Bono e The Edge, custou US$ 65 milhões, o mais caro da história da Broadway.

VIA: ESTADÃO.com.br.

Read Full Post »


Calor dispensável, mas necessário. Tal sensação saboreou quem enfrentou, nesta manhã de segunda-feira (20), em Campinas, uma extensa fila para garantir ingressos para a terceira (e última) apresentação da banda irlandesa U2, no Estádio do Morumbi, em São Paulo
.

Tal como aconteceu da última vez: quarta-feira passada (15) para os ingressos do segundo show do grupo irlandês, fãs montaram um QG em frente à bilheteria do Estádio Moisés Lucarelli. Não uma, nem duas, mas três. Esse foi o número contabilizado por um jovem fã da banda que, na terceira tentativa de compra, voltou para casa com o ingresso na mão, fazendo inveja para quem não teve a mesma sorte. “Tentei em São Paulo, mas acabaram os ingressos. Aqui consegui…”, contou, todo contente.

VIA: EPTV.Globo.com.

Read Full Post »

A queda de um ator do musical “Spider-Man: turn off the dark” (“Homem-Aranha: desligue o escuro”)  interrompeu a exibição do espetáculo desta segunda-feira (20) na Broadway, informa o jornal “The NY Times” nesta terça-feira (21).

O acidente aconteceu a 7 minutos do fim da peça, em uma cena em que Homem-Aranha pula de uma ponte para salvar a personagem Mary Jane. A corda que sustenta o ator se rompeu e ele caiu em um fosso a uma altura de 3,5m. No site do periódico há o vídeo de um espectador que registrou a cena.

Segundo o jornal, foi possível ouvir gritos da produção após a queda e todas as luzes da casa foram apagadas. Pouco tempo depois um locutor informou que a sessão havia acabado. Em nota oficial, a produção não revelou a identidade do ator, que não seria o protagonista Reeve Carney, mas um dublê. Ele está internado no hospital, sem correr risco de morte.

“Spider-Man: turn off the dark” é o musical mais caro da Broadway, com orçamento de US$ 65 milhões. As músicas foram escritas por Bono e The Edge, do U2. Apesar dos números e dos nomes, a produção enfrenta diversos problemas técnicos e falta de financiamento, o que fez sua estreia oficial ser adiada diversas vezes – agora é 11 de janeiro.

Durante a pré-estreia, em novembro, a peça foi interrompida durante vários momentos. Em um deles, atores ficaram suspensos no ar, em cima da plateia.

Segundo o site The Hollywood Reporter, o ator de ontem foi o quarto a se acidentar gravemente durante o musical.

VIA: G1.com.

Read Full Post »

Não há mais ingressos para o terceiro show do U2 no Brasil. As entradas para a apresentação de 13 de abril acabaram às 15h desta segunda-feira (20).

A cota disponível para a internet, liberada para venda a partir da meia-noite, esgotou por volta das 2h da madrugada.

Assim como nas duas últimas semanas, a bilheteria oficial e os pontos de vendas tiveram grandes filas desde a manhã de hoje. Às 11h30, a produtora Time for Fun comunicou que só haviam ingressos para os setores de pista, cadeira amarela e arquibancada amarela.

Fila do U2 em São PauloFila do U2 em São Paulo, no estádio do Pacaembu, para a compra de ingressos do show de 11 de abril
(Foto: Daigo Oliva/G1)

Os três shows do U2 no Brasil (9, 10 e 13 de abril) serão no estádio do Morumbi, com abertura da banda britânica Muse.

Produtora é autuada pelo Procon
O Procon-SP autuou hoje a T4F por desrespeitar o Código de Defesa do Consumidor (CDC) durante a venda de ingressos para o show marcado no dia 9. Segundo o comunicado, a produtora deixou de prestar um serviço adequado aos consumidores, que enfrentaram diversos problemas para adquirir os ingressos, principalmente pelo site http://www.ticketsforfun.com.br.

A empresa irá responder a processo administrativo e pode ser multada com base no artigo 57 da Lei 8.078/90 (Código de Defesa do Consumidor).

A T4F informa que “não recebeu qualquer autuação do Procon até o momento. Quando recebida, a empresa irá se manifestar/apresentar defesa nos autos do procedimento administrativo”.

Via g1.com

Read Full Post »

O Procon-SP divulgou um comunicado oficial nesta segunda-feira em que informa que autuou a Time For Fun, empresa responsável pela venda de ingressos para os shows do U2 no Brasil, por irregularidades na venda de ingressos.

Cota para internet de ingressos para terceiro show do U2 está esgotada

De acordo com a nota, os fiscais da fundação constataram, a partir de reclamações e consultas registradas no órgão, que a empresa responsável pela organização do show e pela venda dos ingressos deixou de prestar um serviço adequado aos consumidores, que enfrentaram diversos problemas para adquirir os ingressos, especialmente pelo site.

Entre os problemas citados pelo Procon estão a falta de informações corretas e claras, discriminação entre consumidores titulares e não-titulares de determinadas bandeiras de cartão de crédito e restrição à venda de meia-entrada.

A Time for Fun deve responder responder processo administrativo. A empresa ainda não se pronunciou.

Via Folha.com

 

Read Full Post »

Older Posts »